Falhas comuns na Saúde Ocupacional que são encontradas nas empresas

laudo de periculosidade vendrame
Quando é necessário fazer um Laudo de Periculosidade?
21 de agosto de 2018
segurança e providencia
A Otimização de Recursos começa no RH
18 de setembro de 2018
Blog de Notícias

Falhas comuns na Saúde Ocupacional que são encontradas nas empresas

Saúde Ocupacional

A saúde ocupacional é um dos fatores mais benéficos para os trabalhadores e para manter a boa produtividade de uma empresa.

Mas, apesar da necessidade de se cuidar da saúde e do bem-estar dos funcionários, ainda é grande o número de empresas que falham na prevenção a acidentes de trabalho.

De acordo com dados do Ministério do Trabalho, o Estado de São Paulo é o que registra mais casos de não cumprimento das normas de segurança e saúde do trabalhador.

Em 2017 o Ministério do Trabalho divulgou que, dos 78.383 verificados pela fiscalização do Ministério do Trabalho, 15,54% aconteceram no estado paulista. Apenas no ano passado foram 12.180 autuações ocorridos em 3.329 estabelecimentos espalhados pelos municípios do estado.

O que se observou foi que, na maioria dos casos, o descumprimento verificado às exigências do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional durante as autuações dizem respeito à Norma Regulamentadora nº 7.

 

O que diz a NR-7 em Saúde Ocupacional e Medicina do Trabalho

A NR-7 determina a obrigatoriedade do planejamento e da implementação do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO).

Este programa tem como finalidade promover ações que visem à preservação da saúde dos trabalhadores. Além da prevenção, o programa estabelece o rastreamento e diagnóstico precoce dos riscos à saúde relacionados à atividade laboral.

Sem instituir o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional oficialmente dentro das empresas, muitas delas acabam incorrendo em outra falha: a omissão de na prevenção a acidentes de trabalho.

Como acontece a omissão na prevenção a acidentes de trabalho?

No Estado de Minas Gerais, segundo os dados divulgados pelo Ministério do trabalho, muitas empresas foram autuadas por omissão em 2017 e no primeiro quadrimestre de 2018. A omissão pode ocorrer pela ausência de treinamentos para os colaboradores e falha na fiscalização do uso de equipamentos de proteção.

A não elaboração e implementação do PCMSO pode gerar o aumento de acidentes de trabalho dentro das empresas, o que eleva as multas e indenizações. Isso prejudica a produtividade de toda a indústria, aumentando também o índice de absenteísmo nas companhias.

Para poder cumprir a NR-7, há indústrias que terceirizam os serviços de Saúde Ocupacional, contratando empresas especializadas, como a Vendrame – Segurança no Trabalho, Saúde e Meio Ambiente.

A Vendrame realiza exames clínicos e complementares destinados à Medicina do Trabalho e à Saúde Ocupacional, de acordo com o PCMSO. A empresa possui sede própria no bairro do Tucuruvi, em São Paulo, além de outras clínicas credenciadas por toda a capital paulista e em outras cidades do país.

Entre em contato com a Vendrame e escolha os exames que melhor atendem a sua necessidade!

 

Falhas comuns na Saúde Ocupacional que são encontradas nas empresas
5 (100%) 6 votes