SAIBA QUAIS PROCESSOS ENVOLVEM O PCMSO – NR 7

O Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), parte da NR 7 é um conjunto de medidas requeridas para todas as empresas, independentemente de seu porte ou segmento. Assim sendo, o PCMSO deve estar em conformidade com as leis trabalhistas e atuar para a proteção da saúde do trabalhador dos riscos ocupacionais.

Esse programa por muitas vezes utiliza informações do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais e engloba diversos exames para atestar a saúde do colaborador. O PCMSO, aliás, é obrigatório às empresas e, por ser uma medida de proteção um tanto complexa, existem certos processos que os empregadores devem realizar ao aplica-lo.

Algo importante para você ter em mente é que o desenvolvimento da PCMSO da NR 7 depende de um profissional qualificado, que entenda do assunto. Dessa forma, é por isto que contar com a Vendrame é a sua melhor alternativa. Dispomos de uma equipe completa, com suporte completo para atender todas as suas necessidades na área de segurança do trabalho.

O que é o PCMSO?

Como falamos, o conjunto de medidas do PCMSO está na Norma Regulamentadora 7 (NR7) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Assim sendo, ele tem como principal objetivo proteger a saúde dos colaboradores. A norma pertence a um outro conjunto de 36 medidas do MTE voltadas à proteção da saúde e qualidade de vida do trabalhador.

O PCMSO determina que qualquer funcionário que integre o quadro da empresa, seja ele novo, antigo ou em situação de saída, realize uma série de exames ocupacionais. Dessa forma, a empresa deve solicitar tais avaliações ao longo da duração do contrato de trabalho estabelecido. Dentro do programa estão citados os seguintes exames:

  • Periódico;
  • Admissional;
  • Demissional;
  • Retorno ao trabalho;
  • Mudança de função.

Processos de elaboração do programa

Como conjunto de medidas previstas pela NR 7, o PCMSO conta com uma série de etapas a serem seguidas pelas empresas ao ser elaborado. Todos os processos devem ser respeitados pelas empresas, colaboradores e órgãos do governo associados às medidas. Isto porque o PCMSO é o documento que determina as responsabilidades de cada um dos envolvidos para a manutenção dos cuidados com a saúde nos ambientes profissionais.

Um médico do trabalho especializado deve desenvolver e assinar as medidas do PCMSO. Assim, é ele que coordenará a execução do mesmo. O profissional da área da saúde é indicado pela própria empresa. Ele precisa fazer parte do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT).

Assim, sendo, a primeira etapa inclui a avaliação do ambiente de trabalho pelo médico do trabalho responsável e sua equipe (que pode incluir enfermeiros, técnicos ou engenheiros da medicina do trabalho). Dessa forma, a análise tem como objetivo identificar quais os riscos existentes no local que podem ser prejudiciais à saúde dos trabalhadores.

Após feita a identificação dos fatores de risco, cabe à equipe médica elaborar o planejamento para acompanhar a saúde ocupacional dos colaboradores da empresa. Por fim, além dos exames obrigatórios previstos pela NR 7, o acompanhamento pode incluir exames clínicos complementares conforme as condições apresentadas no ambiente de trabalho.

veja mais

COVID 19 DEVE CONSTAR NO PPRA?

COVID 19 DEVE CONSTAR NO PPRA?

Temos recebido constantemente questionamento das empresas acerca da inserção no PPRA, na seção do risco biológico, do SARS-CoV-2, causador da atual pandemia...

Confira